Inteligências Múltiplas com Dança

April 5, 2016

O conceito de inteligência múltipla foi criado por Howard Gardner, notório psicólogo e pesquisador da universidade de Harvard, em fins da década de 1970 e início da de 1980. Antes disso, acreditava-se que um indivíduo nascia com uma determinada quantidade de inteligência (sobretudo o raciocínio lógico), herdado geneticamente; e que essa quantidade de inteligência (QI) dificilmente mudava no decorrer da vida.

Gardner estudou evidências antropológicas e psicológicas, e definiu que "a inteligência é um potencial biopsicológico para processar informações". A essas capacidades diversas de processamento da informação, Gardner chamou de "inteligências", no plural. Segundo o autor, existem, pelo menos, sete tipos de inteligências, quais sejam:

 

 

  1. Inteligência linguística - capacidade de comunicação, seja verbal,  escrita ou por gestos. Muito usada por poetas, escritores, locutores e etc.

  2.  Inteligência lógico-matemática - capacidade de raciocínio lógico e operações matemáticas. Usada principalmente por matemáticos, físicos, engenheiros e etc.

  3. Inteligência musical - habilidade de compor e apreciar música. Usada por músicos, maestros, compositores e etc

  4. Inteligência espacial - capacidade de manipular os padrões espaciais e imagens. Usada principalmente por arquitetos, escultores, pilotos e etc.

  5. Inteligência corporal-cinestésica - habilidade de manipular o corpo para reproduzir um padrão mental. Muito usada por artesãos, atletas, dançarinos e etc.

  6. Inteligência interpessoal  e intrapessoal - a primeira é a inteligência do relacionamento social, da empatia, da diplomacia e da influência social. Usada sobretudo em professores, diplomatas, líderes políticos e religiosos. A segunda é a capacidade de conhecer a si próprio. Reconhecer os próprios sentimentos, gostos, medos, emoções.

  7. Inteligência naturalista - capacidade de compreender toda a variedade e a importância da fauna, flora, meio ambiente e seus componentes, e suas funções no mundo. Muito desenvolvida em ambientalistas, oceanógrafos, zoólogos e etc.

 

Toda a pessoa possui as sete inteligências. O que varia é o grau de desenvolvimento das inteligências. Então somos formados por uma mistura singular dessas sete inteligências. A chave para uma administração bem sucedida e liderança eficaz é o desenvolvimento das diferentes formas de inteligências em si mesmo e o respeito às capacidades dos outros.

 

No mundo corporativo, as inteligências múltiplas são valorizadas cada dia mais. Segundo a professora e palestrante do Cead (Cursos Especiais de Aprimoramento e Desenvolvimento)/Contmatic Phoenix, Rosana Spinelli dos Santos: "A competição, seja por uma vaga de emprego ou mesmo entre organizações, não permite que os profissionais tenham conhecimentos estreitos e limitados. A sobrevivência no mercado está atrelada ao desenvolvimento de inteligências e capacidades múltiplas".

 

A dança, de um modo geral, é recomendada por especialistas em aprendizado como uma forma de desenvolver habilidades motoras e de coordenação. A dança de salão é recomendada também por especialistas no comportamento humano para aqueles que querem desenvolver mais habilidades de inteligência musical, espacial e interpessoal; além é claro da inteligência corporal-cinestésica.

 

Durante meus anos de ensino de dança, tenho observado o desenvolvimento dessas habilidades nos mais variados tipos de pessoas. Em particular, o West Coast Swing, estimula o desenvolvimento das inteligências diretamente ligadas à dança de salão, e também das inteligências linguística, lógico-matemática e intrapessoal. Como qualquer dança, ele trabalha a coordenação motora e equilíbrio (inteligência corporal-cinestésica), os movimentos e passos são ensinados com relação às direções e deslocamentos dos dançarinos (espacial), de modo condizente com o ritmo da música (musical). Em nossos alunos desenvolvemos uma sinergia para a dança (interpessoal), que acontece por meio de conduções e comandos físicos e visuais (uma comunicação não-verbal linguística). Essa sinergia cria uma conexão bem elaborada entre os dançarinos onde sensações e informações são trocadas (interpessoal) e cada dançarino reconhece em si mesmo essas sensações e informações (intrapessoal).

 

Desde que comecei a ensinar o West Coast Swing, tenho ouvido pessoas dizerem que a dança trouxe a elas uma melhor qualidade de vida. Que elas trabalham melhor, dormem melhor, se cuidam mais. Recuperaram e revitalizaram suas autoestimas. Então, vamos dançar mais!

 

 

"Para uma avaliação justa, todos devem fazer o mesmo exame: por favor, escalem aquela árvore."

 

Moral da tirinha: “Todo mundo é gênio. Mas se você julgar um peixe por sua habilidade de subir em árvores, ele vai passar a sua vida inteira acreditando que é estúpido”.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Recent Posts
Please reload

© 2017 por Kiko Fernandes. Produzido com Wix.com  

RSS Feed
  • Grey Instagram Icon
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Pinterest Ícone
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now